Clipe Soldado Ferido – Cantor Junior

Missão nasceu no coração de Deus !!!

Anúncios

Martin Luther King – Filme sobre o pastor mais famoso do mundo deve sair do papel

Do GNotícias

Planos para um filme sobre o líder dos direitos civis Martin Luther King Jr. foram aparentemente retomados nesta terça-feira, com o estúdio DreamWorks dizendo que contratou o roteirista Ronald Harwood.

Martin Luther King foi um pastor protestante e ativista político estadunidense. Membro da Igreja Batista, tornou-se um dos mais importantes líderes do ativismo pelos direitos civis (para negros e mulheres, principalmente) nos Estados Unidos e no mundo, através de uma campanha de não-violência e de amor para com o próximo. Se tornou a pessoa mais jovem a receber o Prêmio Nobel da Paz em 1964, pouco antes de seu assassinato. Seu discurso mais famoso e lembrado é “Eu Tenho Um Sonho”.

A DreamWorks anunciou em maio passado ter adquirido os direitos sobre o Nobel da Paz assassinado, a primeira vez que um filme biográfico sobre King foi autorizado por seu espólio.

Mas o projeto, produzido por Steven Spielberg, rapidamente afundou devido a brigas entre os três filhos de King sobre quem teria a autoridade de falar em nome do espólio.

No entanto, a DreamWorks, ao anunciar Harwood como roteirista, indicou que a disputa foi resolvida, dizendo que o filme foi “autorizado pelo espólio de King para utilizar a propriedade intelectual do dr. King para criar o retrato definitivo de sua vida”.

King, que foi pioneiro nos esforços de obter igualdade racial através da desobediência civil não violenta, foi assassinado em abril de 1968 aos 39 anos. Sua mulher morreu em 2006.

Harwood ganhou o Oscar em 2002 pelo roteiro de “O Pianista”, adaptado do livro autobiográfico de Wladyslaw Szpilman.

Sobre como trataria a vida de King, Harwood disse em um comunicado: “não direi nada sobre minha postura sobre esse roteiro com exceção do que eu sempre digo: ‘farei o possível para ser verdadeiro à verdade’”.

Fox quer filmar saga bíblica de Moisés no estilo de ‘300?

De O Verbo


Produção usará técnica de filmagem usada em adaptação de HQ. Êxodo do Egito foi levado ao cinema em 1956 por Cecil B. DeMille.

O estúdio 20th Century Fox reservou os direitos para filmar a história de Moisés no estilo do filme “300?, informou nesta segunda-feira (12) o site do periódico de cinema “Variety”. A trama deve contar a história desde sua infância e adoção pela família real do Egito até o momento em que desafia o Faraó e liberta os hebreus da escravidão.

Ainda segundo a “Variety”, o roteiro deve ser escrito por Adam Cooper e Bill Collage, envolvidos em um novo projeto de filmagem do clássico “Moby dick”, de Herman Melville.

A ideia da Fox, revela o periódico, é contar a saga bíblica de Moisés usando a mesma técnica empregada em “300?, o épico espartano baseado na HQ de Frank Miller e dirigido por Zack Snyder.

A história de Moisés e do êxodo do Egito foi levada ao cinema em 1956 por Cecil B. Deille no clássico “Os 10 mandamentos”. O longa era estrelado por Charlton Heston.