Edir Macedo em primeiro lugar na lista da Forbes dos pastores mais ricos do Brasil

O bispo da Igreja Universal do Reino de Deus possui fortuna estimada em US$ 950 mil Foto: reprodução da internet

O líder da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Edir Macedo, encabeça a lista dos pastores evangélicos mais ricos do Brasil. Isso é o que diz o ranking divulgado pela revista norte-americana ‘Forbes’. Edir Macedo possui uma riqueza estimada em US$ 950 mil (cerca de R$ 1,9 bilhão). Os seus negócios incluem a Rede Record, o jornal ‘Folha Universal’ e uma gravadora de música gospel.

Os valores computados no site da revista, famosa por suas listagens de milionários pelo mundo, porém, não são oficiais. As estimativas foram baseadas em dados do Ministério Público e da Polícia Federal, divulgados pela imprensa brasileira. A assessoria da Igreja Universal afirmou através de nota que o valor é incorreto. A assessoria ressaltou também que o patrimônio do bispo não é de conhecimento público e alvo de publicidade.

Em segundo lugar na lista dos pastores brasileiros mais ricos, a ‘Forbes’ apresentou o apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus. A fortuna de Santiago, segundo a revista, é estimada em US$ 220 milhões, cerca de R$ 450 milhões. Em terceiro lugar, figura Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com riqueza de US$ 150 milhões ( R$ 305 milhões). 

Na reportagem, a revista destacou o crescimento do número de evangélicos no Brasil em um década (de 15,4% para 22,2%) e a popularização da chamada ‘teologia da prosperidade’. Ainda de acordo com o texto da Forbes, um grande número de jovens brasileiros sonham em se tornar um pregador evangélico, não só pelo dinheiro, mas também pelo prestígio.

A igreja Universal considerou preconceituoso a forma como a reportagem aborda as igrejas evangélicas. O pastor Malafaia criticou a reportagem e afirmou que entrará com medidas judiciais contra a revista.

—-

Nota do editor – Enquanto Jesus Cristo, que é tido por Mestre por esses líderes evangélicos, viveu sem ter onde reclinar a cabeça. Andou num jumento emprestado, navegou num barco emprestado, realizou a última Ceia numa casa emprestada e foi sepultado num túmulo que também não era dEle, esses homens vivem uma vida de luxo e poder. Recordo-me das palavras do Senhor quando disse: “Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração”. É ainda mais triste saber que jovens desejam o episcopado visando lucros e não o serviço sacrificial. Eles fazem do “evangelho” um negócio; do púlpito, um balção de empreendimentos, dos membros, meros consumidores e do ofício pastoral, um meio de ganhar dinheiro. Roguemos ao Senhor para que converta esses corações!

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s