Em São Paulo três milhões em marcha acusam STF de rasgar a Constituição

Senador afirma que congresso tem que se levantar contra o ativismo político do STF

Uma gigantesca multidão, estimada entre um e cinco milhões de pessoas, participou nesta quinta feira, dia 23 de junho de 2011, da 19ª edição da Marcha para Jesus, uma das maiores manifestações religiosas do planeta.

O evento transformou-se em um palco para pesadas críticas ao Supremo Tribunal Federal.

A imprensa noticiou que os pastores atacaram duramente a decisão do STF de legalizar a união estável entre pessoas do mesmo sexo, mas o exame atento das acusações apresentadas revela que o maior problema denunciado foi a instauração de um golpe à democracia brasileira.

Os juízes querem atribuir-se o direito de legislar, ignorando os sentidos óbvios da Constituição que deveriam guardar, impondo ao povo brasileiro aquilo que está sendo preparado por uma agenda estabelecida por organizações internacionais.

O Pastor Silas Malafaia afirmou contundentemente, sob o aplauso da enorme multidão:

“O STF RASGOU A CONSTITUIÇÃO QUE, NO ARTIGO 226, PARÁGRAFO 3º, DIZ CLARAMENTE QUE UNIÃO ESTÁVEL É ENTRE UM HOMEM DO GÊNERO MASCULINO E UMA MULHER DO GÊNERO FEMININO”.

O pastor também atacou a decisão do STF de liberar as marchas da maconha no Brasil:

“AMANHÃ SE ALGUÉM QUISER FAZER UMA MARCHA EM FAVOR DA PEDOFILIA, DO CRACK OU DA COCAÍNA VAI PODER FAZER. NÓS, EM NOME DE DEUS, DIZEMOS NÃO.”

O senador Marcelo Crivella, também presente à marcha, manifestou-se duramente em relação ao STF que, segundo ele, está agindo politicamente e se imiscuindo em temas que dizem respeito ao Legislativo:

“O CONGRESSO TEM QUE SE LEVANTAR CONTRA O ATIVISMO POLÍTICO DO STF. SÓ O CONGRESSO PODE DETÊ-LOS”, afirmou o senador. Crivella acrescentou que não é possível que onze juízes, escolhidos apenas por um só homem, queiram legislar no lugar de centenas de parlamentares, eleitos por duzentos milhões de brasileiros.

A intenção de legislar do Supremo Tribunal Federal é manifesta e não é de agora.

Em 2008, durante o julgamento que liberou a destruição de embriões humanos para pesquisas científicas, o ministro Marco Aurélio de Melo afirmou, diante das câmaras de televisão, A SUA ESPERANÇA DE NÃO SE APOSENTAR SEM QUE O STF TIVESSE LIBERADO NÃO APENAS O ABORTO PARA OS FETOS PORTADORES DE ANENCEFALIA, MAS TAMBÉM O ABORTO EM GERAL, uma prerrogativa que claramente pertence unicamente ao Poder Legislativo.

Assista no You Tube o impressionante posicionamento do Pastor Silas Malafaia sobre o rumo dos pronunciamentos do Supremo Tribual Federal, diante do aplauso entusiástico de mais de um milhão de pessoas:

Nos últimos dias as igrejas evangélicas têm distribuído diversos vídeos sobre os novos procedimentos claramente inconstitucionais do STF.

O Pastor Daniel Sampaio, comentando o reconhecimento da união homoafetiva como entidade familiar por parte do STF, em vídeo no You Tube cuja audiência aumenta à razão de dez mil novos acessos por dia, coloca toda a ênfase do problema, mais do que no próprio reconhecimento da união homoafetiva, no “ATROPELAMENTO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL PELO STF”, afirmando que “TUDO FOI PROGRAMADO PELO
GOVERNO FEDERAL” e que, se os evangélicos e o Congresso Nacional não se posicionarem energicamente, o que “ESTAMOS ENFRENTANDO É UM GOLPE DE ESTADO” e o início de “UMA NOVA DITADURA”:

“A CASA QUE DEVERIA SER A GUARDIÃ DA CONSTITUIÇÃO ATROPELA A MESMA CONSTITUIÇÃO”, afirma o Pastor, ao que ele acrescenta que “A INICIATIVA PARTIU DO PRÓPRIO GOVERNO FEDERAL, VIA PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA”.

“SE O STF FOSSE UMA ENTIDADE SÉRIA”, continua o pregador, deveria ter declarado ser “INCAPAZ DE JULGAR O TEMA, UMA VEZ QUE A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA AFIRMA QUE, PARA EFEITO DE PROTEÇÃO DO ESTADO, É RECONHECIDA A UNIÃO ESTÁVEL DO HOMEM E DA MULHER COMO ENTIDADE FAMILIAR E, PORTANTO, PARA ANALISAR O QUE A PROCURADORIA PEDE, SERIA NECESSÁRIO ANTES MUDAR A CONSTITUIÇÃO”.

O Pastor Daniel conclui:

“SE O GUARDIÃO DA CONSTITUIÇÃO ATROPELA A CONSTITUIÇÃO, O QUE ESPERAR DE NOSSA NAÇÃO? O QUE ACONTECEU ESTA SEMANA FOI UM GOLPE DE ESTADO, HOUVE UM ATROPELO À CONSTITUIÇÃO FEDERAL, O STF INTRODUZIU A DESOBEDIÊNCIA CIVIL. A CONSTITUIÇÃO DIZ QUE UMA ENTIDADE FAMILIAR É UMA UNIÃO ESTÁVEL ENTRE UM HOMEM E UMA MULHER. SE O GUARDIÃO DA CONSTITUIÇÃO ABRE BRECHA EM RELAÇÃO A ISSO, ENTÃO QUALQUER COISA PODE SER FEITA NESTA NAÇÃO”.

Na segunda parte do vídeo o pastor, citando outros fatos menos conhecidos pelo público, afirma que,

“TUDO FOI, NA REALIDADE, PROGRAMADO PELO GOVERNO FEDERAL”.

“SE O SUPREMO PODE APROVAR ESTA LEI, ENTÃO O GOVERNO TAMBÉM PODE APROVAR O ABORTO. QUALQUER COISA QUE O GOVERNO QUISER APROVAR NÃO PRECISARÁ PASSAR PELA CASA DO LEGISLATIVO”.

“PORTANTO EU PERGUNTO AOS DEPUTADOS QUE ESTÃO ME OUVINDO: OS SENHORES IRÃO ACEITAR ISSO? PARA QUE EXISTE O LEGISLATIVO? NÃO É A CASA DAS LEIS? ENTÃO AGORA O GOVERNO VAI PASSAR PELOS SENHORES E APROVAR AS LEIS VIA JUDICIÁRIO?”

“O JUDICIÁRIO TEM QUE FAZER CUMPRIR AS LEIS QUE SÃO APROVADAS NO LEGISLATIVO E SANCIONADAS PELO EXECUTIVO”.

“IRMÃOS, NÓS ESTAMOS ENFRENTANDO NO BRASIL UMA DITADURA. ISTO É UM GOLPE. AVILTARAM A CONSTITUIÇÃO FEDERAL. QUEM DEVERIA DEFENDER A CONSTITUIÇÃO ESTÁ PASSANDO POR CIMA DELA. E O PIOR DE TUDO: A IMPRENSA APLAUDINDO, A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL APLAUDINDO. PARECE QUE ESTÃO TODOS CEGOS. O QUE ESPERAR MAIS DISSO?”

“ESTA SEMANA FIQUEI COM VERGONHA DE TER NASCIDO NESTE PAÍS. SENTI VERGONHA PORQUE ME SENTI ULTRAJADO NO MEU DIREITO. PASSARAM POR CIMA DA CONSTITUIÇÃO. OS SENHORES MINISTROS DEVERIAM DEFENDER A CONSTITUIÇÃO ASSIM COMO EU ESTOU AQUI PARA DEFENDER A PALAVRA DE DEUS”.

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Em São Paulo três milhões em marcha acusam STF de rasgar a Constituição

  1. Pingback: Em São Paulo três milhões em marcha acusam STF de rasgar a ConstituiçãoIgreja Cristã Apostólica das Nacões | Igreja Cristã Apostólica das Nacões

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s