Forte terremoto e tsunami atingem o Japão

Do BBC Brasil

Um forte terremoto seguido de tsunami atingiu o Japão por volta das 15 horas (horário local). Pela medição da Agência Meteorológica do Japão, o tremor foi de 8.8 (a agência revisou a magnitude divulgada anteriormente, que era de 8.4).

O epicentro foi na costa próxima à província de Miyagi, a 373 quilômetros da capital. Segundo autoridades japonesas, pelo menos 39 pessoas morreram em consequência do tremor, e 40 estão desaparecidas.

O terremoto foi o maior da história do Japão, e o sétimo em escala mundial, de acordo com a Agência de Pesquisa Geológica dos EUA.
A Agência Meteorológica emitiu alerta de tsunami para ondas de até 10 metros em toda a costa do Pacífico. A costa Oeste dos EUA também está sob alerta para a chegada de ondas gigantes.

Alerta

O alerta de tsunami acaba de ser ampliado para toda a costa Oeste dos Estados Unidos, de acordo com a agência Associated Press.
As ondas podem atingir também as Filipinas, o Havaí, a costa pacífica da Rússia, a Indonésia, Taiwan e mesmo países da América do Sul como o Chile.

Em Sendai, capital da província de Miyagi, os sismógrafos registraram tremores de até 7 graus na escala japonesa.
A energia elétrica e o gás foram cortados na cidade. Outras duas réplicas, de magnitude inferiores a 6, atingiram o arquipélago e fizeram com que os prédios na capital balançassem continuamente.

O epicentro do abalo se deu no fundo do mar, a uma distância de 160 quilômetros da costa, no mesmo local onde ocorreu um terremoto de 7,3 graus na última quarta-feira.

Imagens
A TV pública NHK mostrou imagens de barcos e carros sendo arrastados pelo tsunami na região mais a leste de Tóquio.
Muitas casas e regiões agrícolas foram atingidas pelas águas.

Em Chiba, tanques de uma companhia de gás pegaram fogo e há risco de explosão na área.

A rede TBS mostrou um prédio em chamas na ilha futurística de Odaiba, em Tóquio.

Os trens e o metrô pararam de circular e milhares de pessoas deixaram os altos edifícios comerciais da capital, lotando as ruas.
Em 1933, um terremoto de magnitude 8,1 atingiu a região metropolitana de Tóquio e matou mais de 3 mil pessoas.

Os tremores de terra são comuns no Japão, um dos países com mais atividades sísmicas do mundo, já que está localizado no chamado “anel de fogo do Pacífico”.

O país é atingido por cerca de 20% de todos os terremotos de magnitude superior a 6 que acontecem no mundo.

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s