Livro do papa diz que judeus não têm culpa pela morte de Cristo

Do G1

Bento XVI repudia conceito de culpa coletiva que afasta cristãos e judeus.Trecho está no 2º volume de ‘Jesus de Nazaré’, que ainda será lançado.

Em um novo livro, o papa Bento XVI exime pessoalmente os judeus das acusações de que foram responsáveis pela morte de Jesus Cristo, repudiando o conceito de culpa coletiva que tem assombrado há séculos as relações entre cristãos e judeus.O papa faz a complexa avaliação teológica e bíblica numa seção do segundo volume do livro “Jesus de Nazaré”, que será publicado na semana que vem. O Vaticano divulgou trechos breves nesta quarta-feira (2).

O papa Bento XVI acena durante audiência no Vaticano nesta quarta-feira (2) (Foto: Tony Gentile / Reuters)

A Igreja Católica Romana oficialmente repudiou a idéia da culpa coletiva judaica pela morte de Cristo em um importante documento produzido pelo Segundo Concílio do Vaticano em 1965.

Acredita-se que seja a primeira vez que um papa tenha feito uma análise tão detalhada e uma comparação entre os vários relatos do Novo Testamento sobre a condenação de Jesus à morte pelo governador romano Pôncio Pilatos.

“Agora precisamos perguntar: quais foram exatamente os acusadores de Jesus?”, questiona o papa, acrescentando que o Evangelho de São João diz apenas que foram “os judeus”.

“Mas o uso dessa expressão por João não indica de forma alguma – como o leitor moderno poderá supor – o povo de Israel em geral, menos ainda tem um caráter ‘racista'”, escreve ele.

“Afinal, o próprio João era etnicamente judeu, assim como Jesus e todos os seus seguidores. A comunidade cristã antiga inteira era formada por judeus”, escreve ele.

Bento XVI diz que a referência era à “aristocracia do Templo”, que queria Jesus condenado à morte porque ele havia se declarado rei dos judeus e violara a lei religiosa judaica.

Ele conclui que o “grupo real de acusadores” foram as autoridades do Templo e não todos os judeus da época.

Elan Steinberg, vice-presidente da Reunião Americana de Sobreviventes do Holocausto e de seus Descendentes, saudou as palavras do papa. “Esse é um avanço importante. É o repúdio pessoal ao fundamento teológico de séculos de antissemitismo”, disse ele.

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Livro do papa diz que judeus não têm culpa pela morte de Cristo

  1. bog maria madalena disse:

    Quem deu autoridade ao Papa Bento XVI que é Chefe da Igreja segundo a tradição Católica e representante do Apostolo Pedro, para falar sobre os Judeus. Importante ressaltar que se ele (Papa) não sabe (?) Cristo é Judeu, basta ler em todas as Escrituras Sagradas: Torah, Bíblia seja lá qual o nome que será dado, se acreditamos em Deus foi porque os (Judeus) mantiveram a fé e sobreviveram por quarenta anos (40) no deserto. Agora ele (Papa) se aproveita da bondade de um povo que acima de tudo nunca perdera a fé e a esperança em Deus motivo pelo qual sobrevivem a todos os tipos de torturas.

    Deveria ele (Papa), tomar conta da Igreja (católica) que desde os primórdios em nome Cristo (Judeu) roubou e matou durante séculos. E nos dias atuais continuam porque os “demônios” vestido de padres usam o nome de Jesus Cristo que é Judeu para tirar dinheiro dos Europeus para manter casas de prostituição infantil e turismo sexual com fachadas de casas de recuperação para menores infratores e viciado bem como em orfanatos e creches em todo o Brasil, para eles (padres) e os estrangeiros que visitam o Brasil (sendo que entre eles existem vários pedófilos) e passam despercebidos pelas autoridades pois fingem que estão fiscalizando o dinheiro que são doados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s