MEC irá distribuir “kit gay” em escolas públicas em 2011

Do Blog do Pr Artur

O kit gay conterá um DVD com uma história onde um menino vai ao banheiro e quando entra um colega, ele se diz apaixonado pelo mesmo e assume sua homossexualidade, se dizendo “Bianca”. Veja vídeo e matéria completa a respeito deste tema, no mínimo estranho, polêmico.

O deputado Jair Bolsonaro (RJ) reage de forma veemente, em plenário, a essa vergonha que foi firmada em um convênio entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos), conforme publicou o Correio Braziliense.

REPORTAGEM DO CORREIO BRAZILIENSE

Ele ainda nem foi lançado oficialmente. Mas um conjunto de material didático destinado a combater a homofobia nasescolas públicas promete longa polêmica. Um convênio firmado entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos) produziu kit de material educativo composto de vídeos, boletins e cartilhas com abordagem do universo de adolescentes homossexuais que será distribuída para 6 mil escolas da rede pública em todo o país do programa Mais Educação.

Parte do que se pretende apresentar nas escolas foi exibida ontem em audiência na Comissão de Legislação Participativa, na Câmara. No vídeo intitulado “Encontrando Bianca”, um adolescente de aproximadamente 15 anos se apresenta como “José Ricardo”, nome dado pelo pai, que era fã de futebol. O garoto do filme, no entanto, aparece caracterizado como uma menina, como um exemplo de um travesti jovem. Em seu relato, o garoto conta que gosta de ser chamado de “Bianca”, pois é nome de sua atriz preferida e reclama que os professores insistem em chamá-lo de José Ricardo na hora da chamada.

O jovem travesti do filme aponta um dilema no momento de escolher o banheiro feminino em vez do masculino e simula flerte com um colega do sexo masculino ao dizer que superou o bullying causado pelo comportamento homofóbico na escola. Na versão feminina da peça audiovisual, o material educativo anti-homofobia mostra duas meninas namorando. O secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lázaro, afirma que o ministério teve dificuldades para decidir sobre manter ou tirar o beijo gay do filme. “Nós ficamos três meses discutindo um beijo lésbico na boca, até onde entrava a língua. Acabamos cortando o beijo”, afirmou o secretário durante a audiência.

O material produzido ainda não foi replicado pelo MEC. A licitação para produzir kit para as 6 mil escolas pode ocorrer ainda este ano, mas a previsão de as peças serem distribuídas em 2010 foi interrompida pelo calor do debate presidencial. A proposta, considerada inovadora, de levar às escolas públicas um recorte do universo homossexual jovem para iniciar dentro da rede de ensino debate sobre a homofobia esbarrou no discurso conservador dos dois principais candidatos à Presidência.

O secretário do MEC reconheceu a dificuldade de convencer as escolas a discutirem o tema e afirmou que o material é apenas complementar. “A gente já conseguiu impedir a discriminação em material didático, não conseguimos ainda que o material tivesse informações sobre o assunto. Tem um grau de tensão. Seria ilusório dizer que o MEC vai aceitar tudo. Não adianta produzir um material que é avançado para nós e a escola guardar.”

Fonte: O Galileo

NOTA Pr Artur Eduardo: Esta notícia está correndo o Brasil, de diversas formas. Já falamos sobre a mesma no blog, inclusive mostrando o vídeo do dep. Jair Bolsonaro repudiando este degenarado “kit-gay”. É um ultraje à nossa inteligência, prezado leitor, imaginar que isto é apenas para “evitar bullying” nas escolas! Só um imbecil acreditará em uma história dessa! O vídeo é INCENTIVADOR; uma prova clara de articulação politicóide, cujos objetivos incidem na destruição total da moral judaico-cristã que ainda resta nesta sociedade doente. Este genuíno aliciamento, orquestrado por ONG´s comandada por homossexuais e simpatizantes, serve como cavalo de batalha para o grande plano de domínio sócio-cultural que está sendo implementado neste exato momento pelo stablishment global “meta-capitalista” (para citar o Olavo de Carvalho). O objetivo dessa gente é, sim, o controle global das mentes… só que precisam expurgar o Cristianismo, no Ocidente, como fonte contraceptiva dessa idéia (no Oriente, creio eu, a coisa será mais grotesca: será pela guerra, pura e simples). Unamo-nos, cristãos, servos do Senhor Jesus! Unam-se a nós, também, pessoas de quaisquer credos religiosos, mas com forte desejo cívico e ardoroso desejo de luta pela manutenção da liberdade de expressão e pensamento, pois, temo que muito em breve já não possamos sequer expor nossa indignação perante esta barbárie travestida de “avanço acadêmico”.

 

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s