Prefeito da Cidade do México desencadeando “nova perseguição religiosa”

Matthew Cullinan Hoffman,
correspondente na América Latina
CIDADE DO MÉXICO, México, 19 de agosto de 2010 (Notícias Pró-Família) — O porta-voz da Arquidiocese da Cidade do México, Hugo Valdemar, está se manifestando e dando golpes fortes na elite política socialista, que está ameaçando a ele, o cardeal arcebispo da cidade e o cardeal arcebispo de Guadalajara, com medidas punitivas depois de comentários que condenaram a nova legislação a favor do aborto
e do “casamento” gay na cidade.
Denunciando a “nova perseguição religiosa” iniciada por Marcelo Ebrard, chefe de governo da Cidade do México, que é motivada por “intolerância, ódio e instintos animalescos”, Valdemar advertiu que as medidas do prefeito poderão “desencadear uma guerra no país”.
Chamando as políticas de Ebrard de “escandalosas”, Valdemar o acusou de “usar toda a força do governo, do Estado, para ir contra os cidadãos”.
“É preocupante que uma autoridade governamental que está sujeita à observação, escrutínios e críticas por parte daqueles que ele governa, não consegue suportar críticas e usa todo o aparato de poder para reprimir dois cidadãos [Valdemar e Cardinal Juan Sandoval Íñiguez]. Isso só foi feito por ditadores como Pinochet e Francisco Franco, mas não é feito por um governo democrático que se gaba de ser a cidade da liberdade”.
Valdemar defendeu suas declarações que compararam as políticas de Ebrard ao “narcotráfico”, e expressou desacato diante das ameaças de Ebrard de adotar ações legais contra ele.
Na quarta-feira, Valdemar disse que “[Marcelo Ebrard] e seu governo têm criado “leis que são destrutivas para a família, que causam danos piores do que o narcotráfico”. Marcelo Ebrard e seu partido, o PRD, têm se esforçado muito para nos destruir”.
Apesar de uma queixa formalizada contra ele por “danos morais” por parte de Ebrard, Valdemar disse que ele poderia provar o argumento dele com as próprias estatísticas da Cidade do México, as quais mostram que houve 42.000 “assassinatos de crianças inocentes no útero de suas próprias mães”, enquanto só 28.000 morreram na guerra da nação contra os barões das drogas.
“Por esse motivo eu disse que as leis dele são perniciosas, perversas e provocam danos piores do que o crime organizado. Não tenho nada mais para demonstrar, isso é o que afirmo e sustento-o usando informações de seu próprio governo (do governo de Ebrard)”, disse Valdemar. Ele também declarou que é o governo da Cidade do México que é o causador de “danos morais” para a sociedade.
Cobertura anterior de LifeSiteNews:
Cardinal Has Proof Mexican Justices Were Bribed for Gay ‘Marriage’ Vote: Archdiocese
Mexican Cardinal Accuses Supreme Court Justices of Taking Bribes for Gay ‘Marriage’ Vote
Homosexual ‘Marriage’ Advocates Seek to Destroy Matrimony and Society Itself: Cardinal Archbishop of Mexico City
Mexican Supreme Court Imposes Homosexual ‘Marriage” on Entire Country
Mexican Supreme Court Rejects Lawsuits against Capital’s Gay ‘Marriage’ Law
Traduzido por Julio Severo: http://www.juliosevero.com
Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Missões, Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s