Chance para capacitação de mais 10 mil pessoas Reforço // Convênio entre governo e Sesi vai treinar mão de obra para projetos de Suape

Do Diário de Pernambuco

Mais 10 mil pessoas serão capacitadas para poderem concorrer às vagas que estão sendo geradas com a instalação de projetos estruturadores no Complexo Portuário e Industrial de Suape. O convênio foi assinado ontem, entre o Sesi (Serviço Social da Indústria) e o governo de Pernambuco, com meta de atualizar os conhecimentos de português, matemática e raciocínio lógico de pessoas que tenham concluído o Ensino Fundamental II (5ª a 8ª série). Os municípios beneficiados com o convênio firmado ontem são Recife, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Escada, Ipojuca, Ribeirão, Moreno, Serinhaém e Rio Formoso. O número de vagas por município ainda será definido.

“Teremos reuniões com representantes do governo para definir o número de vagas e quando as aulas serão iniciadas. Além de ter concluído o Ensino Fundamental II, os interessados precisam ser maiores de 18 anos, mas não há limite de idade para quem quiser se candidatar”, explica a diretora de Operações do Sesi, Eveline Remígio.

Ao todo, serão investidos R$ 11 milhões no processo. Do BNDES serão R$ 4 milhões, enquanto as empresas que participam da construção dos projetos estruturadores de Suape, chamadas de “epecistas”, arcarão com R$ 6 milhões. O restante será responsabilidade das prefeituras envolvidas – que arcarão com o transporte e a alimentação dos alunos.

As aulas têm previsão de começarem em julho, com total de 200 horas (cerca de dois meses e meio). O objetivo é nivelar os alunos para que possam concorrer às vagas oferecidas pelo Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) nos cursos técnicos do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

“A capacitação é necessária, pois chegamos à conclusão que se fôssemos aplicar os critérios de seleção do Sesi/Senai diretamente, menos de 5% dos interessados seriam aprovados, por uma deficiência nestas disciplinas. Após passarem pelo reforço de escolaridade, aqueles que se candidatarem e se habilitarem na seleção do Prominp, farão os cursos e receberão bolsas”, explica o presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), Jorge Côrte Real.

Esta é a segunda vez que o reforço de escolaridade é realizado com o intuito de aumentar as oportunidades de trabalhadores do estado assumirem os postos de trabalho que estão sendo criados com os projetos que têm se instalado nos últimos anos em Pernambuco. Em 2007, 7.500 pessoas foram capacitadas, sendo cerca de três mil aproveitadas pelas empresas que participam da construção da Refinaria Abreu e Lima, da Petrobras.

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Oportunidades - empregos, cursos e concursos e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s