Pesquisadores afirmam que pinturas rupestres em locais diferentes mostram um padrão semelhante, evidenciando uma ´explosão criativa´ do homem antigo

De A Lógica do Sabino

ECOS DE ´BABEL´?


Ensina a teoria religiosa de Darwin que tudo chegou onde está através da evolução gradual. No entanto, gradual é algo que não se vê muito quando olhamos para as evidência espalhadas por aí. São os exemplos vistos nos posts Fóssil de dinossauro atenta contra o gradualismo evolucionista, Evolução do cavalo leva coiceAo mesmo tempo – Os efeitos de Babel. Pegando neste último post sobre Babel, a linguística é uma das áreas que mostra súbitas “explosões” que contrariam a ideia do gradualismo darwinista.Para além da “explosão das civilizações” e “explosão das línguas”, existe agora uma outra explosão a que os arqueólogos chamam de “explosão criativa”, caracterizada pelo súbito aparecimento do pensamento abstracto e de criação artística. Investigadores da Universidade de Victoria, nos EUA, reuniram todos os registos presentes em 146 cavernas na França. Segundo eles, estas cavernas têm entre 35 e 10 mil anos de idade (não se esqueçam que estas idades não são atribuídas através da observação, mas sim da interpretação de dados, interpretação essa que já foi mostrada obsoleta – grifo no autor do post).

Os arqueólogos ficaram surpreendidos quando repararam que os diferentes locais continham sinais e símbolos com um estilo semelhante. Iain Davidson, especialista em arte rupestre da University of New England, explicou: “Este trabalho é realmente excitante. Podemos ver que estas pessoas tinham uma convenção semelhante para representar alguma coisa“.

Von Petzinger, outro arqueólogo, também disse estar “mesmo muito surpreendido ao descobrir isto“. Se a explosão criativa ocorreu entre 30 a 40 mil anos atrás, como julgavam os arqueólogos, seria de esperar encontrar evidência de símbolos a serem inventados e descartados ao longo deste período. Seria de esperar que passasse um longo período de tempo antes que um sistema de símbolos e sinais pudesse ser reconhecido. No entanto, não é isso que os dados mostram. Os dados sugerem que um conjunto de símbolos

Os arqueólogos interpretam estes dados de duas maneiras. Um dos lados afirma que o conhecimento destes símbolos viajou com as tribos pré-históricas à medida que emigraram desde África, tendo tido origem inicial neste continente. O outro lado diz que esta explosão criativa originou-se de forma independente, isto é, surgiu nos diferentes povos em diferentes zonas do globo.

CONCLUSÃO

Qualquer um dos lados é facilmente acomodado na visão criacionista. Por outro lado, qualquer um dos lados é uma forte evidência contra o gradualismo evolucionista. Se o ser humano já anda pela Terra há muitos milhares de anos, por que razão este click de representação simbólica e criativa aconteceu na mesma altura para os diferentes povos? Por que razão não há evidências de um upgrade gradual na representação criativa? Onde é que estão as evidências da tentativa-erro que seria de esperar num mundo que evoluiu através do gradualismo (tal como os arqueólogos esperavam)? E quais terão sido as raízes da “convenção semelhante para representar alguma coisa“?


Para os menos perspicazes e/ou demasiadamente hipnotizados pelo evolucionismo, vamos ver em que cenário os dados encaixam melhor:

– O que diz a Bíblia? Que os idiomas surgiram num único momento, de forma instantânea. O que mostram os dados, estes em concreto? Que um conjunto de símbolos e sinais já estava muito bem estabelecido desde o momento em que ele surge. Encaixe perfeito!

– O que seria de esperar num cenário evolucionista? Evidência de símbolos a serem inventados e descartados ao longo de um certo período de tempo. O que mostram os dados, estes em concreto? Que um conjunto de símbolos e sinais já estava muito bem estabelecido desde o momento em que ele surge. Não encaixa!

Mais uma vez, a bíblia mostra-se fiel no relato da verdadeira origem das coisas.

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Pesquisadores afirmam que pinturas rupestres em locais diferentes mostram um padrão semelhante, evidenciando uma ´explosão criativa´ do homem antigo

  1. HELLAENE CORREA disse:

    EU ADORO PINTURA RUPESTRE

  2. Desconhecido disse:

    Oq a ceena representa ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s