Chile volta a ser atingido por forte terremoto

Da Veja

Um terremoto de magnitude 6,1 atingiu o Chile na noite de quarta-feira. O abalo, sentido na capital Santiago, foi a mais forte réplica do tremor de 8,8 graus que atingiu o país na madrugada de sábado até agora. O novo terremoto deixou às escuras parte do município de Lampa, ao norte da região metropolitana de Santiago.

A quarta-feira foi marcada por novos tremores no país. Os abalos, de até 6 graus, levaram pânico durante o dia a Santiago e a diversas cidades das regiões central e centro-sul do Chile, onde moradores fugiram para as montanhas temendo que um novo tsunami varresse as praias e os portos, como ocorrera no sábado.

A polícia chilena alertou para a possibilidade de novas ondas gigantes nos balneários de Dichato, Constitución e Talcahuano, mas retirou o alerta logo em seguida. Como o sistema de detecção de maremotos da Marinha chilena falhou no desastre de sábado, muitos sobreviventes ignoraram os pedidos de calma feitos pelos a policiais e continuaram abrigados nas zonas mais altas, atentos ao movimento da maré.

Centenas de carros que circulavam por Concepción no momento da réplica mudaram bruscamente de direção, buscando os acessos que levam a parte alta da cidade. Enormes congestionamentos se formaram nas saídas do porto.

Os moradores da região começaram a receber os primeiros carregamentos de ajuda alimentar enviados pelo governo chileno. Pelo menos 13.000 pessoas puderam levar caixas com leite, peixes, macarrão, açúcar e molho de tomate. Militares do Exército acompanharam a distribuição e a reabertura de alguns supermercados que haviam sofrido saques nos primeiros dias após o terremoto.

A falta de ajuda nos primeiros dias provocou saques e violência, o que obrigou uma rápida militarização e a adoção de um toque de recolher de 18 horas. Outros seis municípios também estão sob toque de recolher: Talca, Cauquenes, Constitución, Curicó, Molina e Sagrada Família.

(Com agências Estado e France-Presse)

Tremor em Taiwan atingiu 100 escolas

Do G1

Terremoto de magnitude 6,4 feriu oito pessoas.
Presidente taiuanês criou grupo especial para ajudar os afetados.

O terremoto de 6,4 de magnitude que atingiu Taiwan nesta quarta-feira (3) feriu oito pessoas e atingiu 100 escolas, indicam as autoridades locais. O forte tremor provocou pânico na população. Há regiões que ficaram sem energia elétrica.

O tremor ocorreu às 8h18 de quinta (pelo horário local), ou 9h18 de quarta em Brasília. O epicentro localizou-se 70 km da principal cidade do sul da ilha Kaohsiung, e a 35 km de profundidade, precisou o Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA (USGS, na sigla em inglês).

O tremor foi sentido na capital Taipei, onde edifícios tremeram por vários minutos. Os serviços ferroviários de alta velocidade entre Taipei e outras cidades do sul foram suspensos. O serviço do metrô em Kaohsiung e de trem de Alta Velocidade no sul da ilha chegaram a ser suspensos, mas já voltaram à normalidade.

Taiwan é vítima frequente de terremotos, pois fica no limite entre duas placas tectônicas.

Por enquanto não há notícias de mortes. Mas segundo dados do Ministério da Educação, pelo menos 100 escolas foram total ou parcialmente destruídas. Também foram registrados danos graves em pelo menos três edifícios e uma ponte no distrito de Kaohsiung (sul).

O presidente taiuanês, Ma Ying-jeou, criou um grupo especial para ajudar os afetados. Helicópteros e soldados estão nas áreas atingidas prestando socorro às vítimas.

* Com informações das agências de notícias EFE e France Presse

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s