Supermaconha preocupa autoridades de Chicago

Da Revista Época

Com aumento de apreensões, deputado propõe pena mais rígida para tráfico de droga mais potente

O aumento de casos de apreensão de um tipo mais potente de maconha em Chicago, nos Estados Unidos, mobiliza autoridades locais para aumentar a pena de traficantes dessa droga. O deputado republicano Mark Kirk vai sugerir mudança na legislação para que o tráfico de maconha com concentração de THC (tetrahidrocanabinol, substância responsável pelos efeitos da droga) superior a 15% seja punido com até 25 anos de prisão.

Kirk defende que a droga seja tratada da mesma forma que entorpecentes mais pesados, como a cocaína. Segundo Kirk, a supermaconha (chamada de kush) chega a conter 20% de THC. A concentração da substância na droga comum é de 5% a 10%. A versão mais pesada da maconha é obtida pelo cruzamento de diferentes tipos da planta.

A pena maior seria aplicada para quem vendesse ou distribuísse a supermaconha, mesmo em caso de réus primários. O interesse dos traficantes na supermaconha estaria aumentando com a possibilidade de lucros mais altos. A droga chega a custar US$ 21 por grama. As penas mais brandas do que as aplicadas para outras drogas pesadas, como o crack, também estimulam, segundo Kirk, a migração dos traficantes para a supermaconha.

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s