Segundo teólogo, Pentecostes é um projeto de igualdade econômica

Da ALC

A crise global é uma crise histórica, de civilização. Ela é nova apenas para os que vivem na opulência, disse o teólogo Juan Stam durante conferenciam, na quarta-feira, 22, na assembléia do Conselho de Igrejas Evangélicas Pró Aliança Denominacional (Cepad). Stam falou sobre o livro do Apocalipse.

Segundo o teólogo, a crise que se abate sobre todo o planeta tem suas causas no materialismo, no individualismo, no egoísmo e na idolatria ao dinheiro. “É uma crise que nasceu contaminada com a corrupção, o roubo e o engano”, disse, lembrando que o sistema neoliberal contribuiu para o desastre financeiro.

Ele conclamou os líderes evangélicos para que se preocupem com as vítimas da na América Latina e Caribe, onde existem as maiores brechas de desigualdade.

O positivo desta crise, afirmou, é que ela leva as pessoas a se examinar e a refletir no que falharam. “No meio desta pobreza devemos sempre dar graças a Deus e manter uma voz profética firme diante de toda injustiça. E não se esquecer do dom pentecostal, que teve que ser de boas novas aos pobres e libertação aos cativos”, assinalou.

O Pentecostes também é um projeto de igualdade econômica, frisou Stam. Em entrevista à ALC, o teólogo disse que a crise não só é econômica, mas também de valores, de ética e do sistema político imperante.

A democracia tradicional está em crise, sublinhou. Para sair desta crise, da qual não se vê o seu término num futuro imediato, é preciso uma reforma profunda ou uma revolução pacífica.

Anúncios

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s