Falácia do movimento gay: no brasil, homossexuais sofrem ´perseguição´ e são ´assassinados aos montes´!… enquanto isso, o apoio à causa gay, pelo Governo, é total!

Por Euder Faber
Adaptado por Artur Eduardo

O movimento gay no Brasil, juntamente com o governo federal, têm feito um esforço descomunal na tentativa de convencer a opinião pública brasileira de que os homossexuais estão sofrendo uma verdadeira “caça as bruxas” no país. Isto não é verdade, basta ver a extrema tolerância da população em relação a estas pessoas, nas assim chamadas paradas do “orgulho” gay.

Dados do Congresso Nacional mostram que de 1980 a 2005 cerca de 800 mil pessoas foram assassinadas no Brasil, dentre elas cerca de 2511 eram homossexuais, conforme publicação do próprio site do Grupo Gay da Bahia (http://www.ggb.org.br/assassinatos2005c.html), isto é, menos de 0,5% eram homossexuais. Isto nos mostra uma extrema contradição entre o afirmado e a realidade, pois o movimento gay declara que o número de homossexuais na população brasileira atinge o percentual de 10%, enquanto que o percentual de assassinatos atinge menos de 0,5 por cento. Ou a população gay não atinge 10%, ou não estão sofrendo a alegada perseguição que seus defensores tanto apregoam, pois se assim o tivessem teríamos não apenas 2511 mortes em 25 anos, mas o número de 80 mil mortes, já que tivemos 800 mil assassinatos no país neste período.

Não podemos esquecer também que o estilo de vida homossexual os expõe com muito mais freqüência a violência do que o restante da população, basta ver que a maioria dos travestis vivem da prostituição e que a maioria dos homossexuais vivem um vida de promiscuidade sexual, conforme o próprio relato do Dr. Luiz Mott, que afirmou já ter se relacionado com cerca de quinhentos homens. (http://jaelsavelli.blogspot.com/).

O próprio assessor especial da SEDH (Secretaria Especial de Direitos Humanos), Ivair Alves Santos, “evitou confirmar os números apresentados pelo antropólogo alegando que “os dados sobre o assunto ainda são muito frágeis”. No entanto, reconheceu que a violência contra e gays e travestis no Brasil está em níveis altos e representam um problema social”.

Infelizmente o Governo Federal, por intermédio da Secretaria Especial de Direitos Humanos se presta a distorcer os fatos e a se colocar a serviço do movimento homossexual no Brasil, pois não há de nenhuma forma uma “caça aos homossexuais no Brasil”, o que há é um escalada da violência em todos os níveis em nossa nação, que ceifam por ano cerca de 50 mil pessoas, homens, mulheres e crianças que estão sendo assassinadas, isto sim, é um problema social.

A população em geral esta pagando um preço muito alto com a violência, enquanto que, com o dinheiro de nossos impostos o governo federal privilegia uma minoria, leia-se Movimento Gay, gastando altas somas de dinheiro na promoção da causa gay.

Observe bem esta campanha do governo, e responda: Se o ´direito´ é um direito como qualquer outro, toda e qualquer alusão contrária é crime, pois não podemos ir de encontro ao direito. A própria legislação ainda não reconhece uma série de direitos que este ´direito do governo assegura, mas o governo trata a questão como fechada. A questão, portanto, sai do campo da moral, do religioso por causa de uma insurgência do Estado, que é laico. Isto sim, ao meu ver, é contra a Lei!

 

Notícias como as que foram publicadas pelo Grupo Gay da Bahia com respaldo do Governo Federal, mostrando o pseudo alto índice de violência contra homossexuais, visam sensibilizar a mídia, os governos e a população do Brasil a adotarem políticas e leis que venham a promover a causa gay, como é o caso da “Lei da Mordaça Gay”(PLC 122/2006 & PL 6418/2005), que se encontram no Congresso Nacional, que caso aprovados estabelecerão uma verdadeira caça as bruxas no Brasil, desta vez contra todo e qualquer que se levante contra a opção homossexual, seja padre, pastor, professor, jornalista, pai, mãe…, com pena de até cinco anos de cadeia. (Vide: (http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u394299.shtml)

O Brasil até hoje tem convivido como poucos países no mundo com sua diversidade de raças, mas parece que estamos caminhando para um sistema de castas, onde certas minorias se sobreporão ao restante da população – será a ditadura da minorias!

Que Deus nos guarde de tudo isto!”.

About these ads

Sobre ibrpe

De bem com a vida.
Esse post foi publicado em Notícias e marcado . Guardar link permanente.

13 respostas para Falácia do movimento gay: no brasil, homossexuais sofrem ´perseguição´ e são ´assassinados aos montes´!… enquanto isso, o apoio à causa gay, pelo Governo, é total!

  1. Roseli Smith disse:

    Amei ler seu comentario,sem duvida a vilolencia no Brasil e algo que vai alem dois gays,o Presidente deveria realmente se importar mas com os problemas da violencia geral no Brasil.
    Acho que os gays apenas querem se aparecer,e como vc disse,a vida gay e cheia de perigos e violencia,e claro que estam vivendo perto do perigo diariamente,assim como drogas,etc(voce procura,vc acha).
    Sei que o Brasil e constituido de pessoas ,em sua maioria,batalhadora,pessoas que sonham com um pais melhor,,amaveis,ajudadoras,solidarias etc…,esse e o meu povo e nao o que esse grupo”gay” quer dizer bla,bal bla

  2. David disse:

    Nossa, como o Sr. que publicou o artigo é ruim em cálculo hein. Deixa eu ensinar pra você como faz. Se a população gay é de 10% você deve considerar que ela atinge no máximo 18 milhões de pessoas, e não 180 milhões, e um crime que mata 2500 pessoas em uma população de 18 milhões é algo que atinge muitas pessoas. Para se ter uma idéia, basta dizer que para cada 5 pessoas que morrem em um acidente de trânsito nas rodovias federais brasileiras, 1 gay é assasinado por pelo simples fato de ser gay. O Brasil, com os seus 180 milhões de habitantes tem em média 5mil mortes por ano em rodovias federais, se nós diminuirmos estes dados para uma população de 18milhões, ou seja, 10% da população, o número de acidentes com morte no trânsito nas rodovias federais cairia de 5mil para 500. Se dividirmos 2511 (quantidade de mortos) pelo tempo (25 anos, de 1980 à 2005), teremos que morrem, em consequência da homofibia mais de 100 pessoas por ano. Ou seja, a relação é de 5 para 1. E estes números, ao que me parecem, são bastente significativos sim senhor! O melhor que o Sr. pode fazer é aprender a fazer conta. Principalmente se considerarmos que acidente de transito no Brasil causa mais mortos do que guerras em muitos locais. O Sr. comete também um outro erro grosseiro. Como é colocado no mesmo site, foram vítimas de crimes homofóbicos mais de 2.500 pessoas, que morreram EM DECORRÊCIA DA HOMOFOBIA, neste período não morrerm de 2.511 gays, morreram muito mais gays, tendo em vista que nem toda gay que é assassinado é assassinado por ser gay, entenda esta diferença antes de pagar um mico metodológico como este que você comete (não que eu defenda os homossexuais, mas é por que você erra feio mesmo na sua argumentação), um crime com características homofobicas é algo tipificado em lei, que possue características específicas, portanto, não morreram 2.511 gays em 25 anos, morreram 2.511 gays em decorrência da homofobia, o que torna o número assustador sim e apenas um cego não enxera isso, neste caso específico, um cego por religião.

    • Nicolas disse:

      “um crime que mata 2500 pessoas em uma população de 18 milhões é algo que atinge muitas pessoas. ” Aprendendo a fazer contas…2500 representa 0,0138% dos 18 milhões. Se isso é realmente um número significativo fica a juízo dos leitores desse comentário; A comparação com mortes no trânsito não passa de uma falácia argumentativa que parte de premissas verdadeiras, mas que gera uma conclusão equivocada, tratemos com imparcialidade os dados: num ano morrem 5 mil pessoas no trânsito e 100 vítimas da homofobia, a relação é de 500 para 1. Nesse caso, brasileiros que respondam a seguinte questão: necessitamos de uma lei anti-homofobia (considerando que a lei contra QUALQUER tipo de preconceito atende ás necessidades homossexuais em termos jurídicos) ou de rodovias sinalizadas de forma eficiente?; “neste período não morrerm de 2.511 gays, morreram muito mais gays, tendo em vista que nem toda gay que é assassinado é assassinado por ser gay” O assassinato é crime para qualquer que seja a opção sexual, fazer uma certa apologia ao movimento homossexual usando como argumento que morrem muitos gays é infundado. Se isso é um argumento válido, façamos uma lei contra qualquer ameaça a um flamenguista, pois morrem muitos, de diferentes formas, tendo em vista que é a torcida de maior número do país.

  3. Samuel disse:

    Seu texto é uma alusão para as mentes de quem acredita nesta causa religiosa comercial, idealista retorcida.
    Causa imoral, que desrespeita a igualdade dos seus irmãos homossexuais.

    Sejas então franco com seu coração e sabedoria e reconheças que não conheceste o tamanho da grandiosidade de Deus para nos julgar como “certas minorias” e sem direito ao mesmo que você possui na sociedade.

    Tenho certeza que em algum instante de sua vida você se viu como uma “minoria” diante dos outros e que pediu a Deus que lhe ajudasse.

    Não substimemos o que é Deus apenas como o que você e outros mais sabe sobre. Deus é algo muito maior do que possas fazer idéia… acredite!… você não possui a razão.

    Que Deus abençoe a todos nós por iguais.

  4. Roberto disse:

    Parabens pelo texto , muito esclarecedor quanto aos exageros cometidos por esses grupos “gays”.É bom salientar que independente da sua opção sexual, uma vida é sempre uma vida , e me coloco contra qualquer violência fisica que um homossexual ou qualquer outro cidadão possa sofrer.Porem sou CONTRA a pratica homossexual a casamento gay , adoção de crianças por gays , sou a favor da familia e dos bons costumes .Lembrando que uma sociedade que oficializa a imoralidade , ela se autodestroi , como por exemplo as sociedades PERSAS, GREGAS , ROMANAS…

  5. maria cristina ferreira disse:

    Não sou contra o movimento gay…mais não acredito muito, que eles algum dia consiga a tão sonhada igualdade social.Até porque a igreja não é tão flexível assim;e como moralismo está ligado a religião, não há muito o que esperar.Segundo a Igreja estes por sua vez, já estão ardendo no inferno! E quando se trata de distorcer o que a bíblia prega, ninguém tem coragem de debater o assunto…

  6. eu sei com é ser rejeitado pela familia por ter uma opção diferente de viver , de ser gay dentro de casa eu já fui muito discriminado , jugado , eu ainda sou mas tento não prestar muita antenção nos que os do contra dissem a respeito os gays no mundo , eu já até tentei suicidio com isso por ouvir calunias mas , ruins pra viver bem .

    • Nicolas disse:

      Cristão de verdade crê na bíblia. Nela não há uma pregação contra a vida de ninguém, Jesus é amor e foi capaz de amar os que o julgaram e o mataram. Com isso, nenhum cristão é homofóbico ou deve ser pelo menos, isso é o que Deus fala na palavra e você pode consultar quando quiser. Agora, se você acredita em casamento gay por exemplo e tem seu direito de lutar, lute, isso, perdoe-me se soar mal educado, mas é um problema seu, cada um que tome suas atitudes, sem juízo de valor algum. Agora, se nós evangélicos discordamos temos o direito de lutar pelo que acreditamos!

  7. eu não quero nem saber da vinda de um louco assassino no de gays no brasil , contra os direitos , respeito aous gays vindo para cá .

  8. eu sei que vomos conseguir se eles nos dereirem direitos sempre de irmos para as ruas lutarmos por direitos sexual , contra o preconceito homofobico que já matou gays em outros países como no irã de presidente que já mandou matrem os gays em seu país , por disser que ele é afavor o movimento lgbt em seu país pois ele tem o mito em seu cabeçã de que gays são uma perdição , anormal , vergonhosa de se vê pelas ruas , dentro de casa com a familia .

  9. eles acreditam que se os gays conseguirem esse direito de se casarem homoafetivamente que o mundo vai se acaber pois Deus NUNCA VAI GOSTAR DISSO , nem de vê ou ouvir falar em casamentos de gays de pessoas do mesmo sexo, que deus criou o homens para as mulheres , não homens pra homens , mulheres pra mulheres , que a procriação tem que continuar , não da pra se fazer filhos com uma pessoa do mesmo sexo , cade a familia verdadeira de um homem , um mulher ?isso dissem mas nada nos deixa com vontades de lutarmos .

  10. eu sei que tem no mundo muito odio , inveja de paises uns contra os outros , que a biblia disse isso não se deitara com o varão mas que tem provas de que deus realmente no odiaria com esse sentimentos , desejos de gays? , no mundo tem tanta briga , vingasa , além disso muita gente que precisa de ajuda moral , compreenção par viver melhor
    , quando por air tem um homem com vontas de matar o outro tem homens que se gostam de verdade , como uma mulher que deseja matar uma outra , por ir outras com vontas de morarem juntas , formar uma familia diferente de alguns olhos humano .É TANTA MATANSA
    TEREMOTOS , QUE JÁ TIRAM VIDAS COM OUTRAS COISAS DA NATUREZA , SÓ ENTRAM CONTRA OS GAYS NÃO TEMOS CULPA DISSO ESTAR ACONTESSENDO !!!!

  11. flavio magalhaes disse:

    se o propio DEUS condena a praticas omosexual, por ventura seria DEUS omofobico, ou conheceria DEUS o tamanho da imoralidade por tras de tal pratica, seria DEUS um mau pai, ou o gay um mau filho?
    gay é uma raça promiscua imoral destorsiva e prostituta que vai contra os mandamento divinos.
    quer saber quem é um gay de poder pra ele, ele é capas de destruir a uniao familiar.
    omosexualismo é tao imoral quanto um viciado em drogas ou um bandido ou um ladrao todos agem de forma contraria ao comporatmento de valor….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s